Os alimentos de baixo colesterol devem estar incluídas em nossa dieta alimentar, especialmente quando sofremos de doenças, como o colesterol, a fim de ajudar na prevenção de males cardiovasculares, sendo este, por sua vez, um dos modos para proteger o nosso coração.


alimentos de baixo Colesterol e sua importância


No entanto, também devemos fazer você se lembrar que nem todo o colesterol é ruim, já que existem dois tipos de colesterol; o hdl ou bom colesterol e o ldl, ou mau colesterol, sendo o hdl, que ajuda a reduzir o colesterol ruim, mas esse tema já vimos anteriormente, e você pode conferir nos links fornecidos neste parágrafo.


Agora você deve saber que quando falamos de alimentos de baixo colesterol nos referimos principalmente em mau colesterol, sendo este o que prejudica consideravelmente a saúde de nosso sistema cardiovascular.


Um dos problemas no momento de querer detectar esta doença é que, por se tratar de uma doença que não apresenta sintomas, somente pode ser conhecida, uma vez realizada uma análise de sangue, após o seu resultado será necessário começar a implementar mudanças nos hábitos alimentares, evitando os que possuem uma grande quantidade de gordura em sua composição.


Alimentos a incluir na dieta


Por exemplo, o peito de frango ou de coelho, carne de cavalo, do boi e da carne (cortes magros), o iogurte e o leite semidesnatado, o bacalhau e a pescada contam com um aporte muito baixo teor de gordura. Considera-Se que têm entre 10 e 90 mg, portanto, podem fazer parte da dieta habitual de forma equilibrada.


As sardinhas e carne


A sardinha é um alimento saudável, com um poder cardioprotector graças a sua composição de gordura saudável (ômega 3), os quais ajudam a reduzir o nível de colesterol e triglicéridos. Além disso, trata-se de uma carne, que ajuda a evitar que se formem coágulos de sangue. As que apresentam uma maior percentagem de estas gorduras são as sardinhas do Cantábrico. Agora, o fresco ou em lata? As sardinhas em lata com óleo também contam com um poder benéfico para a prevenção de doenças cardiovasculares, mas não tão poderoso como o de as frescas, mas devemos ressaltar que nos fornecem cálcio, sobretudo quando se trata de sardinhas maduras e de mais de dois anos porque se podem comer seus espinhos. As frescas podem ser cozido em azeite, isto é comê-las fritas em azeite de oliva e inclusive podem ser previamente enharinadas no caso em que aumenta a sua ingestão calórica.

Também lhe recomendamos que leia:Alimentos de verão e as razões importantes para consumi-las

Quanto ao consumo de carne de aves deve ser cozinhada e comida aviso para retirar a pele.


Legumes e frutas


Os legumes e as frutas NÃO contêm colesterol, pelo contrário, são alimentos ricos em fibras, eles são saudáveis par incluir em qualquer dieta equilibrada.


Devem ser incluídas as maçãs, frutas cítricas, frutas vermelhas, as bananas, já que essas frutas ajudam na prevenção de doenças vasculares cerebrais e cardiovasculares.


Sementes e frutos secos


As sementes, as nozes e alguns óleos são bons para o coração, entre eles o de milho, de canola, de amendoim e de girassol, além da necessidade da ingestão moderada de nozes, avelãs e sementes de sésamo como sementes.


Azeite de oliva


O azeite de oliva ajuda a evitar a redução do nível do HLD e, além disso, impede que se oxide o LDL, graças ao seu alto teor de compostos fenólicos, vitamina e e antioxidantes.


Laticínios


Quanto ao leite, é conveniente escolher a sua variedade desnatado ou semi-desnatado, sobretudo, quando se costuma ingerir uma quantidade alta. Além disso, é importante escolher esta mesma variedade em todos os produtos lácteos e, por sua vez, também é aconselhável escolher leite enriquecido com ácidos gordos ómega 3.


Legumes


O consumo de leguminosas, tais como feijões, lentilhas, grão-de-bico e feijão deve ser aumentado, como também deve ser aumentada com o consumo de cereais e legumes, como abobrinha, abóbora, cenoura, couve-flor, repolho, beterraba, acelga, alface, pimentão, espinafre, alho, cebola, aipo, acelga, além de cevada e trigo, como alimentos de baixo colesterol para prevenir doenças cardiovasculares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *